sábado, 8 de janeiro de 2011

O sempre amado e companheiro de muitas caminhadas, O Baby Boomer...29/07/1996 -15/12/2010

Ainda estou tentando me fortalecer p um dia contar a minha vida ao lado do meu sempre amigo e um dos filhos, o Boomer, no qual faleceu dia 15/12/2010 com problemas renais. 
Tudo o que podia fazer eu fiz, e no final tirei ele da clinica onde tive que internar e mesmo assim passava a noite com ele, mesmo pagando caro por isso e sem poder, pois até transfusão de sangue ele fez.
Mas duas noites antes dele partir eu o deitei do meu lado abraçada com ele na minha cama onde era mais dele do que minha rss e nesse dia eu senti que ele estava se despedindo de mim, pois no outro dia ele já estava inconsciente e mesmo assim eu o tratei dele até o fim...

 Ele foi enterrado em um lugar muito lindo...







Saudades!!! Sempre...

8 comentários:

Monica disse...

Eu não sei explicar mas esse sentimento de amor que nossos amigos peludos nos dão ,é Deus que nos dá e depois leva pra junto dele.E é ai que fica o vazio ,o nada,a saudade do olhar,aquele olhar que só eles tem pra gente,é quando eu choro de saudades ,mas imediatamente eu peço a Deus que pegue meu amigo no colo e não deixe ele sentir saudades de mim,é o que eu sempre faço, e assim vou esperando o meu dia de encontrar aquele olhar...

Cacau disse...

Obrigada moça...
O dia que vc puder venha conhecer a casa nova...
Se bem, que eu já peguei bronca daqui rsss, pois p completar queimei meu braço todo em Ubatuba, logo no segundo dia do ano...
Beijão

Anônimo disse...

JSH

abraços menina chocolate

toda força do universo
para te acompanhar.

Cacau disse...

Meu amigo Utopia valeu por tudo!!!
Beijão...

disse...

Cacauuuuu

Sinto muitoooooo, pela perda. Sei o qto amavas teu filhote...

Desculpa a demora mas só voltei hoje pra net, ok?

Apesar da perda,é preciso pensar naqueles que ainda precisam, dependem de ti e tb te amam, tanto qto tu amavas teu amigão, certo?

Um grande bjo nesse coração que eu adoro e fique em paz...

Qqr coisa q precisares me liga nem q seja a cobrar pois tô aqui a tua disposição na hora em q precisares (perdi teu telefone qdo roubaram meu celu véio)...

Bjsssss pra todos os amigos daqui!

Cacau disse...

Oi Rô, que saudades... Eu sei disso, e agora me resta o meu filhão, que é tudo p mim...Por ele dou minha vida...
Mas quanto menos eu tiver em quem me apegar é melhor...
Venha p São Paulo e fica aqui em casa, têm um quarto p vc...
Mil bjs p vc...

Safih Quelbèrt disse...

Cacau querida, vi seu recado em meu site somente hoje...Lamento muito sua perda...Disse=me de postar algo que leu em meu material. Claro,podes por com a pagina de ref, ao final. TUdo bem. Pena que isso nao possatrazer seu amigo de volta...
grande abraço de força pra ti.
bjs
Safih
vetrinariosnodiva.com.br

Janis disse...

Fiotona querida!!!Saudades!!Hoje estou aqui para te dar um abraço e dizer que sinto muito pela perda do Boomer!

Sei bem a dor que sentes, pois dois anos atrás perdi minha companheira fiel Radija Laden, que salvou a vida de toda minha familia.E ela se foi de maneira tão brutal e de repente, me derrubou, despedaçou meu coração, pois foi a companhia nos momentos mais dificeis da minha vida.Ela suportou tudo, até as músicas loucas que ouvia!rs
Sinto tanta falta dela, escrevo isso aqui já com vontade de chorar.Fia, sei o que sente, é muito dificil, esses anjos de 4 patas surgem nos momentos mais importantes para nos salvar.Porém eles se vão também nos momentos exato que devem ir para nos salvar.Eu escrevo isso pq aconteceu comigo fia.A Dija se foi de certa forma para me salvar e a partir da partida dela minha vida mudou, aconteceram verdadeiros milagres.
Cacau, nada é por acaso, tudo tem seu tempo, esses anjos salvam nossa vida a todo momento.Ele se foi e tem seu propósito, creia que coisas boas acontecerão na vida.Eu já não acreditava em mais nada.E então um dia o sol apareceu...

Existe muita gente inteligente por ai, mas... foi-se o tempo que isto era o suficiente. Hoje, o que me fascina é a criatividade, é a capacidade de inventar, juntar o nada com coisa nenhuma e disto nascer algo, é saber improvisar, é a sabedoria de "se virar" com os recursos disponiveis no momento. *******************************************************